Pilotando | Elite, nova série original Netflix

Muitos  consideram o episódio piloto como o mais importante de uma série, já que é através dele que nos interessamos pelo programa e decidimos se vale a pena continuar ou não. Pensando nisso criamos a coluna “Pilotando”  onde daremos nossa opinião sobre o piloto de séries recém lançadas.

Inaugurando nossa nova coluna, falaremos  de “Elite” a nova série original da Netflix. Ambientada em um  colégio da alta sociedade espanhola, a rotina de tal lugar muda com a chegada de três alunos pobres, enviados após um problema em sua antiga escola pública. As tensões entre esse grupo e os jovens de elite acaba culminando em um assassinato. Quem estaria por trás de tal crime?

Neste primeiro episódio temos basicamente a apresentação dos personagens e o crime ocorrido sem muitos detalhes, alternando entre o passado mostrando o dia a dia dos alunos e o presente com os mesmos sendo interrogados, nota-se também que muitos assuntos serão abordados paralelamente, atitudes suspeitas, intolerância e preconceito, dando um clima ainda mais intrigante a história. Temos também a briga constante entre os ricos e os pobres bolsistas, muito se brinca com uma possível semelhança entre “Elite” e a novela mexicana “Rebelde”,  se algo lembra a novela que fez sucesso no SBT é o uniforme do colégio, pois o enredo apesar de adolescente é mais sério deixando mais próximo de “Gossip Girl” na comparação.
Entre os atores temos três que participaram de “La Casa Del Papel“, sucesso recente da plataforma, são eles: María Pedraza(Marina), Miguel Herrán(Christian) e Jaime Lorente(Nano) que interpretaram Alison Parker, Rio e Denver respectivamente.

Elite” acerta em seu primeiro episódio, colocando o espectador inteiramente por dentro de todo o enredo e criando diversos mistérios além do principal, é visualmente bonito e intrigante, o gosto de quero mais e inevitável e se mantendo dessa forma os oito episódios passarão mais rápido do que o esperado.

 

Leia mais no Conteúdo Zero