Fanfic of Thrones: O fim se aproxima, da pior maneira possível

Compartilhe

 

Game of Thrones é sem dúvidas uma das maiores séries de todos os tempos, levando em consideração todo o sucesso que ela faz, o hype absurdo que cria, toda a discussão que acontece antes, durante e depois dos episódios, além dos fãs surtando com teorias e mais teorias.

Com primeiras temporadas praticamente impecáveis, Game of Thrones se estabeleceu, mostrou a todos características que justificavam o sucesso e que traziam cada vez mais fãs. Bastava dar uma chance, assistir alguns episódios, que rapidamente a pessoa era fisgada pela excelente narrativa, os personagens interessantes com seus prós e contras e principalmente o enredo surpreendente. Situações que te deixavam com o coração saindo pela boca, pois sabíamos que QUALQUER coisa poderia acontecer, era uma série diferente, que te fazia temer pelo seu personagem favorito, que te fazia pensar na pior consequência para qualquer um, eu como fã, muitas vezes tentando digerir uma nova consequência bizarra da série, dizia a mim mesmo, ”Isso é Game of Thrones” simples assim…

ERA Game of Thrones…

 

Hoje faltando apenas um episódio para o fim da sua sétima temporada, Game of Thrones se tornou uma decepção, não irei entrar nas diferenças com o livro e nem acontecimentos um tanto ”inexplicáveis” tomando como base tudo que o universo das Crônicas de gelo e fogo mostrou até aqui, irei falar da série em si. Já estava muito receoso com esta sétima temporada e na medida que os episódios foram passando, tudo que tinha medo aconteceu, aliás, até pior do que eu pudesse imaginar.
A série foi na contramão de tudo que ela demonstrou até temporadas atrás, sendo bonzinho, até a sua sexta temporada, que teve um belo final.

Se tornou uma série fútil, sem profundidade alguma, feita única e exclusivamente para saciar os desejos da maior parcela dos fãs, que assim como a maioria das pessoas, gostam de um enredo raso, gostam de ter o seu herói saindo das situações mais complicadas e voltando mais forte, gostam de ter aquele casal preferido e sonhar com o episódio que enfim  ficariam juntos, sonhar não, ”shippar”…
O enredo novela, não a toa as novelas são sucesso em diversos lugares do mundo e no Brasil não é diferente. Problema algum, cada um tem a sua opinião, seu gosto, ninguém é obrigado a nada, mas Game of Thrones conseguiu se tornar completamente indefensável para qualquer pessoa com um mínimo de bom senso.

Os buracos estão se tornando cada vez mais bizarros, coisas absurdas estão acontecendo, situações que mesmo em uma série com dragões e zumbis são completamente sem noções e fora do contexto.
O último episódio escancarou essas questões de uma maneira que mesmo alguns fãs mais cegos, que defendiam de forma ferrenha sua série favorita, sempre linda, maravilhosa e sem erros, conseguiram engolir.

Estratégias ridículas como criar uma missão suicida afim de ”raptar” um zumbi vivo e levar para uma a rainha megera com o intuito de ganhar a ajuda da mesma, diálogos pobres como Arya e Sansa, onde a agora senhora ”Ninguém” de nariz em pé e braços cruzados duvida da irmã o tempo inteiro, quer dar lições de moral e claro, quer matar, matar e matar, não bastasse um reencontro mais frio que o inverno em Winterfell, Arya agora é a arrogância em pessoa, triste.

Tais situações foram só um presságio, o pior estava além da muralha e não eram os White-Walkers.
Na missão suicida mais tosca da tv, nós tivemos de tudo, corvos voando na velocidade da luz, Gendry mais rápido que Usain Bolt, super dragões com seus jatos nas asas, Rei da noite preferindo mirar sua lança para matar um dragão que voava a muitos quilômetros de distância, ignorando não só o maior dragão, mas o que estava no chão, próximo e salvando seus inimigos. Tivemos o Tio morto-vivo que sempre aparece pra salvar a vida dos sobrinhos, a mãe que ficou tão abalada com a morte de um dos seus filhos que quase comemorou na cama com seu ”crush”, entre outras coisas, tão ridículo que chega a ser engraçado…

Completamente perdida, episódio após episódio fãs são feitos de idiotas por passarem dias e dias discutindo diversas teorias e na hora entregam as coisas mais simples e aleatórias possíveis.
Parecem preguiçosos, sem nenhuma preocupação com os detalhes e as características que marcaram e fizeram a série ser o que é hoje.
Game of Thrones foi moldada por menções e tweets e se tornou uma fanfic, mas não podemos reclamar da falta de surpresas no final, conhecida pelas mortes surpreendentes, ela termina da maneira que nem o mais pessimista dos fãs imaginaria, cometendo suicídio.

Leia mais no Conteúdo Zero