Novidades netflix de outubro: Listamos os principais lançamentos do catálogo neste mês!

Compartilhe

A Netflix é o maior serviço de streaming do mundo e tem seu conteúdo atualizado quase que diariamente, fazendo com que algumas novidades muitas vezes fiquem perdidas em um mar de atrações para todos os gostos.
Por conta disso, Listamos as novidades  Netflix de outubro que ja está fazendo ou que farão parte do catálogo, selecionamos atrações já esperadas mas que é sempre bom reforçar e deixamos algumas dicas.
Bom, vamos deixar de enrolação e passar para a lista:

1. Star Wars
Realizando o sonho de muitos fãs da Saga, a Netflix disponibilizou no último dia 2 de outubro um conteúdo extenso do universo Star Wars.
O filme Star Wars episódio IV: Uma nova esperança, que já fazia parte do serviço de Streaming, ganhou as companhias da chamada Trilogia prequel, Star Wars episódio I: A ameaça Fantasma, Star Wars episódio II: Ataque dos clones e Star Wars episódio III: A vingança dos Sith, além dos outros dois filmes da trilogia Clássica, Star Wars Episódio V: O império Contra-Ataca e Star Wars episódio VI: O retorno de Jedi.
A chance de assistir a praticamente toda a saga Star Wars pelo Netflix já é uma novidade impressionante, mas não pense que acabou por ai, além dos filmes o serviço disponibilizou as animações, Star Wars: Guerras Clônicas, Star Wars Rebels, Lego Star Wars: The Yoda Chronicles, especial Phineas e Ferb: Star Wars e os documentários Empire of Dreams: The Story of the Star Wars Trilogy, Science of Star Wars: Season 1 e Star Wars: The Legacy Revealed.

É muito Star Wars, confira!

star-wars-saga-completa

2. Luke Cage
O último dia do mês de Setembro ficou marcado na Netflix, pela estreia de mais uma série Marvel exclusiva do serviço de streaming, Luke Cage, que conta com 13 episódios todos disponibilizado de uma só vez.
A história é focada em Luke Cage que acaba ficando com uma super força e pele impenetrável, após um experimento que dá errado.
A atração se junta a Jessica Jones e Demolidor e logo terá a companhia da série Punho de Ferro, todos esses heróis formam os Defensores, outra série que já foi anunciada pela Netflix.

3. Indiana Jones
No mesmo dia 30 de setembro foi disponibilizada na Netflix, a clássica franquia Indiana Jones. Uma oportunidade excelente para quem ainda não assistiu e para os fãs matarem a saudade, todos os quatro filmes estão disponíveis, são eles: Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida (1981), Indiana Jones e o Templo da Perdição (1984), Indiana Jones e a Última Cruzada (1989) e Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (2008).

062612-indiana-jones

4. Suits 5° Temporada

Chamado de seriado de drama legal, por se tratar de uma série que aborda o dia a dia de advogados em seus mais diversos casos em uma firma de advocacia, Suits gira em torno de Mike Ross, que possui uma habilidade incrível apesar de não ser formado (foi expulso da faculdade por vender uma prova para a filha do reitor) e ganha à vida fazendo provas para outras pessoas.
Porém Harvey Specter um dos advogados mais famosos e reconhecidos de Nova York, o contrata por ficar impressionado com o conhecimento e inteligência de Mike, após uma entrevista acidental, juntando suas habilidades formam uma dupla imbatível.
É uma série bem interessante e inteligente com uma forma bem legal de abordar esse mundo, se você é ou pretende se tornar um advogado, irá gostar muito dessa série, mas mesmo quem não tenha esse interesse, consegue curtir e quem sabe se tornar fã, a quinta temporada acabou de chegar no Netflix, então você tem muita coisa pela frente,  fica a dica.

Abaixo o trailer da primeira temporada:

 

5. Black Mirror 3° temporada

No final do mês de outubro, precisamente no dia 21, será a estreia da terceira temporada de uma das séries mais incríveis dos últimos tempos, a fantástica, Black Mirror.
A mini-série Britânica foi ao ar pela primeira vez em 2011 e contou com 2 temporadas, totalizando 7 episódios, dentre eles um especial de natal.

Ganhou um Emmy Internacional de Melhor Mini-série de TV em 2012 e  o The AV Club colocou a série na lista de Melhores de 2013 depois que as duas temporadas foram ao ar nos Estados Unidos.
Esse sucesso fez com que a netflix fechasse parceria com o criador da série Charlie Brooker para a produção de novas histórias.

Black Mirror é diferente de tudo que você já viu, tendo cada episódio uma história diferente, como bem disse o criador da série Charlie Brooker:  “cada episódio tem um elenco diferente, um set diferente e até uma realidade diferente, mas todos eles são sobre a forma como vivemos agora – e a forma como nós poderemos viver em 10 minutos se formos desastrados.”

A série aborda a relação do homem com a  tecnologia de uma forma chocante, mostrando os efeitos de um mundo dominado, criticando a maneira que lidamos e como nos tornamos dependentes da tecnologia em nossas vidas, ”vidrado” o tempo todo no  Smartphone, computador ou simplesmente na frente da TV.
Charlie Brooker explica:
“Se a tecnologia é como uma droga – e ela parece com uma droga – quais são precisamente os efeitos colaterais? Essa área entre o prazer e o desconforto é onde Black Mirror, minha nova série dramática, está situada. O “espelho negro” do título é aquele que você irá encontrar em cada parede, em cada mesa, na palma de cada mão: a fria e brilhante tela de uma TV, monitor, smartphone.”

Se tudo que disse, ainda não te convenceu a assisti-la, que tal a sinopse do primeiro episódio?
No episódio piloto, Chamado “The National Anthem”,  a princesa Susannah, Condessa de Beaumont, amada por todo o Reino Unido foi sequestrada e a exigência do sequestrador para não assassinar a princesa e por fim, liberta-la,  é que o Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha até às 16h00 daquele dia, faça sexo com uma porca e que o ato seja transmitido ao vivo, pela TV.

Não bastasse o enredo único, o desenrolar do episódio é simplesmente sensacional, então não marque bobeira,  vá correndo assistir as duas temporadas que já estão disponíveis na netflix e aguarde a terceira temporada que chegará no dia 21.

black-mirror-poster

Leia mais no Conteúdo Zero